MARTINET, Joseph Alfred
Pintor, desenhista e litógrafo.
Joseph Alfred Martinet (1821: França – 1875: Idem).

Dedicou-se à paisagem e ao retrato.

Década de 1840 – Já residia no Brasil. Segundo Gilberto Ferrez, chegou ao Rio de Janeiro em 1841, vindo do Havre, França, indo trabalhar na oficina litográfica de Heaton & Rensburg e na editora dos irmãos Eduardo e Henrique Laemmert.
Para Ferrez, Martinet foi o “melhor litógrafo que por aqui passou (...) a paisagem intitulada Rio de Janeiro tomado da ilha da Cobras é raríssima: belíssimo panorama assinado, feito da ilha das Cobras, tendo, nos primeiros planos: à esquerda, muralhas do forte da ilha (...) A marinha, desde o calabouço até o Arsenal de Marinha, está executada com toda minúcia e pormenores, podendo-se facilmente reconhecer prédios, igrejas, conventos, trapiches, etc." (Apud Monike Garcia Ribeiro, O prazer do percurso, Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro).
1965 – Sua litografia Praia de Botafogo em 1846 foi reproduzida no livro A Muito Leal e Heróica Cidade do Rio de Janeiro. Outro trabalho seu, mostrando o Paço de São Cristóvão, do Rio de Janeiro, foi publicado no álbum Paço de São Cristóvão, 1817-1880, editado em Petrópolis.


Fontes
CAVALCANTI e Ayala. Dicionário Brasileiro de Artistas Plásticos. MEC/INL, 1973-77.
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário Crítico da Pintura no Brasil. p. 316. Artlivre, Rio de Janeiro, 1988.
PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Civilização Brasileira. Rio de Janeiro, 1969.
< http://www.casaruibarbosa.gov.br/oprazerdopercurso/bio_martinet.htm>

 

RMS