MARQUETTI, Ivan
Pintor, desenhista e gravador.
Ivan Marquetti (1941: Rio de Janeiro, RJ – 2004: Ouro Preto, MG).

Praticou principalmente a paisagem urbana das cidades históricas de Minas Gerais, mas também naturezas-mortas e flores. Seu estilo peculiar e único uniu a paleta do fovismo a um expressionismo com predominância de linhas retas. Sobre as cores, escreveu: “(...) Elas surgem das sensações diante de uma determinada paisagem. Tento captar a sua essência. Não é o desenho que dá caráter à pintura, e sim, a cor que dá a expressividade.” “(...) A sua paisagem é (...) transfigurada pela cor, de vibrações incandescentes em tonalidades vermelhas, e por uma pincelada de controlado tumulto.” (Roberto Pontutal, Dicionário das Artes Plásticas no Brasil, pág. 342).

1958-61 – Estudou gravura e desenho no Instituto de Belas Artes da Guanabara, Rio de Janeiro.
1962 – Instalou-se em Ouro Preto, MG, cidade que escolheu para viver grande parte de sua vida. Nesse período se aproximou de artistas como Carlos Scliar, Inimá de Paula, Vinícius de Moraes e Carlos Bracher.
1963- 64 – Prosseguiu seus estudos em Paris.
1964 – De volta ao Brasil, passou a dividir seu tempo entre Cabo Frio (RJ), Rio de Janeiro, Olinda (PE), Ouro Preto e outras cidades históricas mineiras.
1967 – Criou o Grupo de Serigrafia.
1979-81 – Subiu o rio Negro em busca de inspiração, trazendo dessa viagem trabalhos representando florestas e rios.

Realizou, entre outras, as seguintes mostras individuais:
1971 – Petite Galerie, Rio de Janeiro.
1972 – Ranulpho Galeria de Arte, Recife.
1976 – Oscar Seraphico Galeria de Arte, Brasília.
1983 – Cláudio Gil Studio de Arte, Rio de Janeiro.
1986 – Performance Galeria de Arte, Brasília, DF.
1988 – Visual Galeria de Arte, Brasília.
1995 – Nuance Galeria de Arte, Belo Horizonte, MG.

Participou de várias exposições coletivas, entre as quais as seguintes:
1961 – Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro.
1983 –¬ Auto-Retratos Brasileiros, na Galeria de Arte Banerj, Rio de Janeiro.
1985 – Museu de Arte de São Paulo, São Paulo.
1992 – Eco Art, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro.
1994 – Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, Ouro Preto.
1995 – Nuance Galeria de Arte, Belo Horizonte.
2003 – Conjunto Cultural da Caixa, Rio de Janeiro.


Fontes
AMADO, Jorge (apres). Ivan Marquetti. Galeria de Arte Ipanema, São Paulo, 1977.
CAVALCANTI e Ayala. Dicionário Brasileiro de Artistas Plásticos. MEC/INL, 1973-77.
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário Crítico da Pintura no Brasil. p. 316. Artlivre, Rio de Janeiro, 1988.
PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Edições Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 1987.
< http://www.ivanmarquetti.com.br/ > (site do artista)

 

RMS